O SINTER, Sistema Nacional de Gestão de Informações Territoriais, foi instituído pelo decreto nº 8.764 em 10 de maio de 2016, e será uma ferramenta única para integração de dados, centralizando as informações territoriais do nosso país.

Trazendo mais transparência e eficiência à gestão pública e à regularização fundiária no Brasil, o SINTER também terá o importante papel de acelerar o acesso destas informações às administrações públicas federais, estaduais e municipais.

A implementação do SINTER impactará o setor Geo como um todo, além de proporcionar novas oportunidades de trabalho aos Geomensores, que precisarão certificar os imóveis urbanos no SISURB através de um arquivo, provavelmente, de extensão JSON/ODS.

A Métrica realizou no mês de abril um webinar em parceria com o Engenheiro Alessandro Machado, Conselheiro Federal do CONFEA. Sendo o CONFEA um dos órgãos responsáveis pela implementação do SINTER/SISURB, Alessandro trouxe informações importantes sobre os próximos passos deste cadastro.

A Receita Federal também segue à frente apoiando o SINTER, dando ainda mais crédito e confiabilidade neste importante projeto de cadastro que não deixa de ser multifinalitário.

Durante este evento online, muitas dúvidas surgiram por partes dos profissionais, futuros credenciados para efetuar certificações no SINTER, como por exemplo “Quais os profissionais poderão certificar no SINTER?” ou “Qual será a precisão para os imóveis importados no SISURB?”. De todas as perguntas feitas, reunimos as 50 mais pertinentes sobre o assunto e suas respectivas respostas e elaboramos um guia gratuito para nortear as discussões e também esclarecer os profissionais.

Para acessar as perguntas e também o vídeo completo do webinar e a apresentação em PDF do palestrante, clique aqui!

Compartilhe este importante conteúdo com seus amigos geomensores.

E caso você queira conhecer um sistema que irá ajuda-lo a efetuar suas certificações sem erro, clique aqui!